quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Curionópolis (PA): Município está entre os 100 piores do Brasil

Falta de infraestrutura é notória no município.
Apesar de ter aumentado sua renda em 550% nos últimos 10 anos, Curionópolis, no Pará, ficou conhecida recentemente no cenário nacional por estar entre os 100 piores municípios do Brasil em bem-estar urbano. O atual prefeito do município é Wenderson Azevedo Chamon.
Adonei Sousa Aguiar (DEM), tocantinense, de Guaraí, foi eleito este ano e inicia seu mandato em janeiro. Adonei tem 35 anos e é contador. Ele tem a missão difícil de mudar os números de calamidade do município.
Em 2006 o município de Curionópolis arrecadou cerca de 11,9 milhões de reais, e vai terminar o ano de 2016 com cerca de 77,3 milhões de reais conforme previsão orçamentaria.
O levantamento que apontou as melhores e piores cidades brasileira foi desenvolvido pelo Observatório das Metrópoles que apresentou um levantamento inédito sobre as condições urbanas dos 5.565 municípios brasileiros, a partir da análise de dimensões como mobilidade, condições ambientais urbanas, condições habitacionais, atendimentos de serviços coletivos e infraestrutura.

Segundo o levantamento que foi coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) entre as 100 piores cidades do Brasil, o estado do Pará dispõe de 40 municípios, e entre eles aparece Curionópolis na 5499° posição e 67º posição de piores municípios brasileiros.