quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Suspeito de matar prefeito de Goianésia do Pará presta depoimento

Na manhã desta quarta-feira (14), Benedito Campelo, também conhecido como Agnaldo, acusado de executar o prefeito de Goianésia do Para, João Gomes, o "Russo", foi apresentado na Delegacia de Homicídios (DH), localizada na cidade de Belém, capital do Estado do Pará. 
Campelo foi preso na cidade de Teresina, no Piauí, na ultima sexta-feira (09). Ele vai ficar preso em Belém à disposição da Justiça. 
“Russo” foi assassinado no dia 24 de janeiro, quando participava de um velório. 
SUSPEITO: Benedito Campelo também usa o nome de Agnaldo Peixoto de Alencar. Ao ser preso, portava uma carteira de identidade com esse nome falso.

A Polícia Civil do Pará informa que as investigações continuam. O inquérito é presidido pelo delegado Fernando Bezerra, da Divisão de Homicídios do Pará. (Fonte-DOL)