quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Informe epidemiológico mostra redução de casos de dengue no Pará

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) divulgou, na terça-feira (7), os dados do novo informe epidemiológico de 2017. Os números apontam que houve uma redução de 73% na quantidade de casos de dengue no Estado em relação ao mesmo período de 2016, que registrou quase 800 confirmações. Atualmente são 212 casos da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. 
Por outro lado, o número de casos de febre chikungunya subiu. De janeiro até o momento o número de doentes aumentou de dois para 64 casos. O informe também mostra que foram contabilizados quatro casos de zika vírus. 
O município de Xinguara registrou dois casos seguidos de morte por febre chikungunya já confirmados por critério laboratorial. 
O informe classifica os 10 municípios que tiveram mais casos confirmados de dengue: Anapu (89), Marabá (26), Tucumã (25), Ourilândia do Norte (21), Rio Maria (21), Marituba (10), Alenquer (04), Bannach (04), Pacajá (04) e Belém (03). 
Por outro lado, os dez municípios com mais registros confirmados de febre chikungunya foram Curionópolis (14), Rio Maria (13), Anapu (08), Eldorado dos Carajás (07), Xinguara (05), Belém (04), Marabá e Novo Repartimento, com três cada; e Canaã dos Carajás e Tucumã, com dois cada. Casos confirmados de zika vírus foram registrados em Rio Maria (03) e em Ananindeua (01). (G1/PA)