quinta-feira, 9 de março de 2017

Homem que matou ex-mulher e ex-cunhada no Goiás, foi preso em redenção

Operação da Superintendência da Polícia Civil do Araguaia Paraense e Polícia Civil do Goiás, com sede na cidade de Redenção, prendeu um foragido da Justiça do Estado de Goiás, que há mais de quatro anos, vivia escondido na região do sul do Pará.
Pedro Lourenço Delfino de Borba foi preso em cumprimento ao manado de prisão preventiva, expedido pela Justiça da cidade do Carmo do Rio Verde, localizada no Estado de Goiás, pela acusação de duplo homicídio. 
De acordo com a Justiça, no ano de 2012, acusado teria assassinado as mulheres Vera Lucia dos Santos Faria e Renata Santos Faria, crime ocorreu em uma casa no Setor Andorinhas, na Cidade do Carmo. 
O crime ocorreu no momento em que o acusado tentava a reconciliação com a ex-companheira Renata, que por não aceitar o pedido de reconciliação, foi morta a tiros assim como a irmã Vera Lucia.   Após o crime, o acusado fugiu para o Estado do Pará, onde com uma identidade falsa, passou a trabalhar em fazendas localizadas no sul do Pará. Para tentar enganar a justiça, o criminoso passou a utilizar o nome de Carlos Dias da Silva. 
No momento da prisão que ocorreu na madrugada desta quinta-feira (09), ele portava uma identidade falsa. Logo após a prisão, acusado foi recambiado para o Estado do Goiás, conduzido por uma equipe de policiais do estado goiano que participaram da operação que prendeu o criminoso. (Dinho Santos)