segunda-feira, 22 de maio de 2017

Nike Vonne condenado por matar advogado em Redenção é morto no presídio Marabá (PA)

O presidiário Nike Vonne Santana, condenado pela morte do advogado criminalista Vander José de Sousa, foi morto no presídio de Marabá, na tarde de domingo (21), pelos seus companheiros de cela. Ele foi espancado e morto por enforcamento dentro da cela.

Vonne e Edívio Soares Neto foram condenados a cumprir 19 anos de cadeia pela morte do criminalista. O crime ocorreu em setembro de 2010. O detento havia sido transferido para o presidio de Marabá, após liderar uma rebelião no presídio de Redenção. (Com informações de Dinho Santos).