sexta-feira, 19 de maio de 2017

PF cumpre mandados de prisão e busca da Operação Stellio em Belém e Redenção, no Pará

A Polícia Federal e o Ministério Público do Trabalho e Emprego (MTE) cumpriram quatro mandados de busca e apreensão, e outros quatro mandados de prisão temporária, um em Belém e três na região de redenção, no sul do Pará, nesta quinta-feira (18). 
A PF deflagrou a operação Stellio para desarticular esquema de fraudes contra o seguro desemprego e FGTS. A Operação ocorre em sete estados: Tocantins, Goiás, Pará, Maranhão, Roraima, Paraná e Santa Catarina. 
A PF descobriu que requerimentos fraudulentos eram inseridos nos SINES por agentes credenciados. A investigação apontou um prejuízo efetivo na ordem de R$ 320 milhões, entre 2014 e 2015. 
A Justiça Federal de Palmas (TO) determinou a prisão de 14 pessoas em Tocantins, Goiás e Maranhão. Além disso, a Justiça determinou a indisponibilidade financeira de 96 suspeitos de integrar a organização criminosa. (G1/PA)