terça-feira, 11 de julho de 2017

Justiça determina prisão de 13 policiais envolvidos em operação que matou invasores da fazenda Santa Lúcia

A Justiça do Estado do Pará acatou o pedido de prisão temporária feito pelo Ministério Público do Estado do Pará contra 11 policiais militares e 2 civis, pela participação na morte de 10 invasores de terra que ocupavam a fazenda Santa Lúcia, em Pau D'Arco (PA).
Policiais federais estão cumprimento os mandados. Os promotores de Justiça de Redenção, Alfredo Martins de Amorim, José Alberto Grisi Dantas e Leonardo Jorge Lima Caldas assinam o pedido de prisão temporária.
De acordo com a lei a prisão é por 30 dias, por tratar-se de crime hediondo, podendo ser prorrogada por igual período.

As mortes aconteceram no dia 24 de maio, na fazenda Santa Lúcia. Um grupo de policiais civis e militares foi até a fazenda para dar cumprimento a mandados de prisão de suspeitos de envolvimento na morte de Marcos Batista Ramos Montenegro, um segurança da fazenda que foi assassinado no dia 30 de abril. (G1/PA)