domingo, 30 de julho de 2017

Sexto suspeito da morte do prefeito de Breu Branco se entrega à Polícia

Márcio - suspeito.
O sexto e último suspeito na morte do prefeito de Breu Branco se entregou na manhã de sábado (29), na Divisão de Homicídio de Goianésia, sudeste do Estado. Márcio José Miranda dos Santos, teve mandado de prisão decretado, mas não foi encontrado pela Polícia e se apresentou na delegacia.
Diego Kolling, ou "Alemão", como era mais conhecido, era prefeito de Breu Branco. Ele foi assassinado no 16 de maio de 2017 quando andava de bicicleta em um trecho da Rodovia PA-263, que liga as cidades de Tucuruí e Goianésia do Pará. 
Segundo a Polícia Civil, ele é o último suspeito de envolvimento no caso, o único que não estava preso. Ele é suspeito de ser o intermediário entre o mandante do crime, Ricardo Pessanha, presidente do PSD, e o executor, Antônio Genivaldo Lima Moura, ambos presos na última sexta-feira (28).
De Goianésia, Márcio Miranda foi transferido para a Superintendência da Polícia Civil, em Tucuruí, onde deve permanecer preso até a Justiça autorizar sua transferência para Belém. 
Os outros envolvidos no crime, Ricardo José Passanha Lauria, Maciel Buosi Dias, Antônio Genival Lima Moura, Sérgio Piva Simoni e Wesley Linch, já estão presos em Belém. (G1/PA)