sexta-feira, 16 de março de 2018

Acusado de estuprar duas entiadas de 09 e 11 anos em RIO MARIA


A reportagem, procurou a Polícia Civil de Rio Maria para saber a veracidade do ocorrido, onde tomou conhecimento pela polícia civil, que a nacional ANA PAULA DE SOUSA FILIPE, na companhia de suas duas filhas (crianças uma de 09 e outra de 11 anos de idade), procurou a Delegacia local, no dia 11.03.2018, pela parte da manhã, e relatou aos Policiais Civis que o companheiro dela o Sr MAICOM CABRAL DE AQUINO, padrasto das crianças, há cerca de um ano vinha praticando o ato de estupro com as crianças, e que os atos criminosos ocorriam constantemente, na ocasião em que ANA PAULA se encontrava trabalhando e ele ficava sozinho com as crianças.
De pronto o Delegado MAX MULLER, encaminhou as crianças para serem submetidas a Exame médico preliminar, onde o médico de plantão descreveu com seriedade que ambas crianças não eram mais virgens e se encontravam com receptividade de abuso sexual.
Sendo assim, mediante os laudos de Exames de conjunção carnal devidamente assinado pelo médico e diante dos relatos detalhados das crianças confirmando os abusos e mediante a situação emocional das crianças, a autoridade Policial na pessoa do DELEGADO MAX, de pronto já colheu o depoente da genitora das crianças e acionou o Conselho Tutelar para acompanhar as mesmas, e no dia seguinte foi solicitado ao Poder Judiciário local a PRISÃO PREVENTIVA do padrasto das crianças, sendo de imediato decretado pelo Juiz local.
O Sr. MAICON ao tomar conhecimento que ANA PAULA teria lhe denunciado o mesmo empreendeu fuga desta cidade para local incerto, (Reporter Isnaldo Alves)